Será, uai?

A Caldense fala grosso e mostra que final de campeonato entre capital e interior não é exatamente como parecia

rodrigo_clemente_caldense

 

POR FREUD IRÔNICO

Newell’s Old Boys, Olímpia, Corinthians, Flamengo, Cruzeiro, Colo-colo. Grandes escudos do futebol sulamericano que dividem, entre si, o fato de terem sido impiedosamente derrubados pelo Atlético-MG em situações onde a lógica apontava o contrário. 

De dois anos pra cá, aliás, o Galo habituou-se a ser, como nunca, forte e vingador. Contestando as evidências, desprezando o óbvio e dando novo sentido ao termo emoção. Foi assim na Libertadores 2013, na Copa do Brasil e Recopa do ano passado. E já na primeira fase da Libertadores deste ano.

Talvez por isso, muitos incautos tenham olhado a final do Mineiro e assegurado, de antemão, quem cantará de galo em 2015, na terra de Drummond. Se diante de tantas camisas que envergam varal o Atlético ciscou sem piedade, quiçá com a Caldense, da pacata Poços de Caldas.

O que ninguém esperava era que a Veterana também estivesse disposta a subverter a razão. Pudera. Em competição com os dois atuais campeões nacionais, liderar uma campanha invicta e com oito jogos seguidos sem sofrer gols exige respeito. De todos. Até mesmo daqueles que estão habituados a reescrever a história.


 

rodrigo_clemente


No terreiro do Galo, o Periquito voou bonito e segurou o canto alheio. Mas por questões de regulamento, vai ter de decidir quem pia mais alto longe de casa, em Varginha, com provável maioria atleticana nas arquibancadas.

Discípulo da ironia, o futebol resolveu aprontar mais uma. Entre tantos clássicos decidindo os estaduais, a final de Minas parecia ser destinada às favas já contadas. De coadjuvante, virou protagonista, digna de unhas roídas e olhar sem piscadelas. Será que o Galo vai, novamente, reafirmar sua condição de time movido à pressão e desafio? Ou será que justamente caberá à Caldense o papel de se vingar do vingador?

Será, uai?

 

Foto: Rodrigo Clemente / EM / D. A. Press

PartilheTweet about this on TwitterShare on Facebook

Um pronunciamento sobre

Será, uai?

  1. Congratulações por lembrar do futebol do interior, Velho Cronista! Apesar de ser atleticano, tenho que concordar que a Caldense faz por merecer. E já me dou por satisfeito só de ter eliminado nosso maior rival. A disputa, agora, ficou entre grandes do Mineiro. Que vença o mais competente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *