Primeira Liga – As dúvidas que ainda temos

Existe muita coisa que a gente ainda não sabe sobre o campeonato que está começando. Mas o Velho tentou responder

Kalil

 

Enfim, a Primeira Liga está aí, nascendo forte e corada, com a responsabilidade de ser o nosso primeiro torneio de futebol do ano – o que não é pouca coisa, uma vez que a saudade da bola nos deixa exigentes como uma madame da aristocracia francesa.

Pois bem, não foi sem sangue que esta Copa chegou até nós. Foram meses de um trabalho árduo por parte de uma série de rebeldes, que queriam romper com quem manda no futebol brasileiro e criar uma liga independente.

Seja por isso ou seja ainda por outros motivos obscuros, o fato é que a Primeira Liga é, até aqui, enigmática e cheia de incertezas. Então, o Velho resolveu ir a fundo, pesquisar um pouco mais sobre o certame e esclarecer um pouco daquilo que ainda está nublado.

Vamos àquilo tudo – ou quase tudo – que você queria saber sobre a Primeira Liga mas ninguém teve paciência para explicar.

 

ORIGEM

A Primeira Liga é uma reedição mais completa da extinta Copa Sul-Minas, jogada por estas bandas entre os anos 2000 e 2002 (e vencida unicamente por Mineiros: América uma vez, Cruzeiro duas).

O que muda, na prática, é a entrada de dois clubes cariocas: Flamengo e Fluminense.

Mas mais do que a entrada da dupla Fla-Flu, o que muda em relação à Sul-Minas de outrora é a essência da competição: a Primeira Liga é o gesto mais contundente de rompimento dos clubes com a CBF.

A ideia, dizem os mandatários, é mostrar à Confederação que os clubes têm autonomia para caminhar sozinhos.

Ou seja, daqui a uns dias, quando o campeão deste novo certame estiver erguendo a taça em meio a papéis picados e euforia coletiva, saibam todos: ali não estará um troféu qualquer, mas o símbolo de uma rebeldia que o nosso futebol andava precisando.

 

DE QUEM FOI A IDEIA?

Não há exatamente um teste de paternidade para esse tipo de coisa, mas pela movimentação inicial podemos dizer que os primeiros passos foram dados por Coritiba e Atlético-PR, que há muitos anos reclamam do campeonato estadual e que sempre mostraram sentir uma saudade danada da antiga Copa Sul-Minas.

André Macias (àquela época vice-presidente), do lado Coxa, e Mario Celso Petraglia, pelo rubro-negro, foram os maiores incentivadores da ideia no começo de tudo.

 

QUEM FICOU DE FORA?

Dos grandes do Rio, ficam de fora da Primeira Liga o Botafogo e o Vasco da Gama. E a motivação é 100% política. Os dois alvinegros apoiam a realização do Campeonato Estadual, que é seriamente afetado pela criação da Liga por conta de datas próximas – alguns clubes já anunciaram que vão jogar o estadual com time reserva a fim de preservar o escrete titular para a Liga.

No Paraná e em Santa Catarina ficam de fora Paraná Clube, Chapecoense e Joinville, que, embora sejam fundadores da Liga, não entram pela colocação no ranking da (vejam só a fina ironia!) CBF.

 

POR QUE OS PAULISTAS NÃO PARTICIPAM?

Em rápidas palavras, porque os times de São Paulo estão felizes com o Campeonato Paulista. Tem muitos clássicos, os times do interior são relativamente fortes e a Federação tem pulso firme. A satisfação com o calendário parece ser tanta que a Liga só se deu ao trabalho de sondar o Corinthians, segundo a Folha, deixando São Paulo, Palmeiras e Santos de fora. Mas Andrés Sanchez, cotado a ser presidente da Sul-Minas-Rio, logo declinou e o papo não foi pra frente com mais ninguém.

 

DE QUEM SÃO OS DIREITOS DE TRANSMISSÃO?

A Primeira Liga quase não saiu do papel por falta de um bom acordo com a televisão. E um dos problemas era justamente a coincidência de datas com os campeonatos estaduais e a Libertadores da América.

Mas eis que depois de um longo e tenebroso inverno de negociações, a Globo comprou os direitos de transmissão da Liga por módicos R$ 5,2 milhões, segundo Juca Kfouri, que também conta que a pedida inicial dos clubes era de R$ 100 milhões. Um miúdo desconto de R$ 95 milhões, coisa quase imperceptível em dias de Lava Jato.

Cabe notar que, como o próprio Kfouri diz, o futebol brasileiro ainda se vende muito mal tendo em vista que uma única cota de patrocínio – do cartão de crédito Elo – custou cerca de R$ 20 milhões, quatro vezes o valor do torneio inteiro.

Enfim, barato ou de graça, o fato é que a Globo e a SporTV é que vão nos brindar com os jogos, inundando nossas quartas, quintas, sábados e domingos da mais pura alegria.

 

QUANTO GANHA CADA TIME?

Quando tudo parecia certo na Liga, um curioso levantou o braço e fez a pergunta fatal: quanto cada clube ganha?

Ali tudo começou a ruir novamente. O Flamengo queria mais porque tem mais torcida. Os outros clubes, notadamente os menores, queriam uma distribuição igual, “afinal, somos todos clubes e não há mais a CBF pra gerenciar como as coisas funcionam por aqui”, deve ter bradado alguém.

Venceu a democracia: todos os clubes vão dividir o mesmo valor, com exceção do dinheiro do pay-per-view.

Segundo o perfil da Primeira Liga no Twitter, a distribuição da alegria fica assim: 44% serão repartidos igualmente entre os clubes; outros 44% serão divididos conforme a venda de pacotes de PPV; e os 12% restantes ficam como premiação.

 

POR QUE ALEXANDRE KALIL CAIU FORA?

Os engodos e as maledicências contados dentro de uma sala fechada nem sempre veem a luz do dia. Então, termos de aceitar a própria palavra do Kalil sobre a sua saída: “Cinco clubes fizeram um complô contra mim. Conspiração é assim, feita na sombra. Eu fui pego de surpresa”.

A rigor, o pedido de demissão do ex-presidente do Atlético-MG ocorreu imediatamente depois da volta de Gilvan Tavares, presidente do Cruzeiro (vejam vocês!) à Liga. Nada exatamente oficial, mas ficamos todos livres para imaginar que houve um clássico mineiro, dos mais encarvoados, sendo jogado nas entrelinhas.

 

O REGULAMENTO

Participam 12 times, colocados assim, de norte a sul: América-MG, Atlético-MG e Cruzeiro; Flamengo e Fluminense; Atlético-PR e Coritiba; Avaí, Figueirense e Criciúma; Internacional e Grêmio.

Divididos em três grupos, os 12 clubes jogam partidas em turno único, dentro da própria chave. Classificam os três campeões de cada grupo além do melhor segundo colocado, estabelecendo uma semifinal e, depois, uma final, todos em jogos únicos, com mando de quem teve a melhor classificação.

 

A TABELA

 

Grupo A

Atlético-PR

Criciúma

Cruzeiro

Fluminense

 

Grupo B

Avaí

Coritiba

Grêmio

Internacional

 

Grupo C

América-MG

Atlético-MG

Figueirense

Flamengo

 

1ª RODADA

27/1 :: Quarta-feira

Criciúma vs Avaí :: 19h30, no Eriberto Hülse

Fluminense vs Atlético-PR :: 19h30, no Raulino de Oliveira

Internacional vs Coritiba :: 21h45, no Beira-Rio

Atlético-MG vs Flamengo :: 21h45, no Mineirão

28/1 :: Quinta-feira

América vs Figueirense :: 19h30, no Independência

Avaí vs Grêmio :: 21h45, na Arena Condá

 

2ª RODADA

6/2 :: Sábado

Figueirense vs Atlético-MG :: 19h30, no Orlando Scarpelli

7/2 :: Domingo

Grêmio vs Coritiba :: 19h30, na Arena do Grêmio

17/2 :: Quarta-feira

Cruzeiro vs Fluminense :: 19h30, no Mineirão

Internacional vs Avaí :: 19h30, no Beira-Rio

Flamengo vs América–MG :: 21h45, local ainda indefinido

18/2 :: Quinta-feira

Atlético-PR vs Criciúma :: 21h, na Baixada

 

3ª RODADA

2/3 :: Quarta-feira

Atlético-MG vs América-MG :: 19h30, local ainda indefinido 

6/3 :: Domingo

Grêmio vs Internacional :: Horário indefinido, na Arena do Grêmio

9/3 :: Quarta-feira

Flamengo vs Figueirense :: 19h30, local ainda indefinido

10/3 :: Quinta-feira

Coritiba vs Avaí :: 19h30, no Couto Pereira

Cruzeiro vs Atlético-PR :: 21h30, no Mineirão

Fluminense vs Criciúma :: 21h30, local ainda indefinido

 

SEMIFINAIS

23/3 :: Quarta-feira

Jogo 1

1º de Melhor Campanha vs Melhor 2º Colocado :: 21h3o

24/3 :: Quinta-feira

Jogo 2

2º de Melhor Campanha vs 3º de Melhor Campanha :: 19h30

 

FINAL

31/3 :: Quinta-feira

Vencedor do Jogo 1 vs Vencedor do Jogo 2

 

***

 

Foto de capa: Revista Placar

Bibliografia:

 

Folha de São Paulo: http://www1.folha.uol.com.br/esporte/2015/10/1692505-exceto-corinthians-paulistas-nao-foram-chamados-para-primeira-liga.shtml

 

Blog do Juca: http://blogdojuca.uol.com.br/2016/01/globo-compra-primeira-liga-por-5-milhoes/

 

Wikipedia: https://pt.wikipedia.org/wiki/Primeira_Liga_do_Brasil_de_2016

 

Superesportes MG: http://www.superesportes.com.br/app/1,168/2015/10/16/noticia_futebol_nacional,321537/copa-sul-minas-rio-participantes-provavel-tabela-datas-forma-de-disputa-e-premiacao.shtml

 

PartilheTweet about this on TwitterShare on Facebook

4 pronunciamentos sobre

Primeira Liga – As dúvidas que ainda temos

  1. Não tem como definir como reestruturação do futebol brasileiro algo que vai ser mandado via Globo. Pra quem pensa que o problema está unicamente na CBF, creio que o foco da artilharia deve ser compartilhada com quem realmente define jogos, horários, e como bem disse, o faz-me-rir.

  2. Ainda será uma pequena muda germinando no meio de um matagal enorme!
    A Globo ainda se fez um mal necessário para a liga, diria que um adubo ao crescimento da plantinha (continuando a analogia anterior), e como adubo entendam nos vários sentidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *