O Beira-Rio quer ficar ainda mais bonito

Agora, os próprios cartolas incentivam o uso de faixas, bandeiras e outras alegorias para enfeitar o que já é lindo

Screen Shot 2015-04-16 at 14.53.49

 

As novas arenas brasileiras são lindas, é verdade. Não há muito o que discutir.

Mas outra verdade absoluta é que elas acabaram surrupiando um naco importante do nosso jeito de torcer. Os tios do amendoim foram cambiados pelas lanchonetes gourmet, que vendem sanduíches a preço de salário mínimo. E o concreto deu lugar a poltronas assinadas por Charles Eames.

Mas eis que em meio a essa comuta forçada, o Internacional mostra que ainda há esperança de sermos aquilo que realmente somos.

O clube gaúcho anunciou hoje que quer o José Pinheiro Borda repleto de faixas, flâmulas, bandeiras e tudo mais que puder enfeitar aquilo que já é extraordinariamente bonito.

Alexandre Limeira, cartola colorado, inclusive já conclama o povão e os consulados das torcidas a anotarem honrosamente o nome das suas cidades em trapos frescos e levá-los para ornar o Beira-Rio.

Teremos, portanto, quiçá já no próximo embate do Internacional em casa, contra o The Strongest, um campo genuinamente sul-americano, com a cólera e a farra do povão ardendo feito febre.

Eis aqui algumas imagens de como já foi o campo do Internacional, e como ele deve voltar a ser logo, logo.

 

coreia-na-copa

coreia-na-copa1

 

 

3MegaCam

 

 

RELEMBRE: A INAUGURAÇÃO DO NOVO BEIRA-RIO

 

Créditos

Fotos de capa: Alexandre Lops  |  Fotos Beira-Rio antigo: Blog da Bola e Arquibancada Colorada

Informação: Zero Hora

PartilheTweet about this on TwitterShare on Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *